Acabamos de dar as boas-vindas à primavera, uma estação que se caracteriza por um aumento gradual das temperaturas e das horas de luz, mas também pelo aparecimento dos sintomas típicos de alergia primavera. Além disso, algumas pessoas sentem um profundo cansaço, exaustão, tristeza e falta de energia para realizar as tarefas habituais. Todos estes sintomas são próprios de um distúrbio que conhecemos como astenia primaveril. Esta doença é muito comum, afetando uma em cada dez pessoas aproximadamente. Caracteriza-Se por uma sensação de deterioração e esgotamento que é causado por uma diminuição de beta-endorfinas no plasma, que são substâncias que regulam o estado de espírito e, por conseguinte, influenciam a nossa sensação de bem-estar ou mal-estar. Embora se fala de astenia primaveril em geral, na verdade, existem dois tipos de problemas: um de origem físico que se manifesta por sintomas como fadiga e fraqueza no corpo (pode chegar a ser confundido com a gripe, e um segundo de origem nervosa que se costuma manifestar, porque a pessoa experimenta um grande cansaço quando quer realizar alguma atividade mental, o que também diminui a capacidade de concentração. Mas pode chegar a confundir-se com uma depressão, astenia primaveril é um transtorno leve e de caráter temporário, pois se apresenta apenas na primavera. Se se prolonga no tempo e se torna crônica estaríamos falando da síndrome de fadiga crônica. Os principais sintomas que podem nos fazer suspeitar de astenia primaveril são: Cansaço Fraqueza muscular ao realizar qualquer esforço Dores de cabeça recorrentes Mal-estar geral Falta de apetite Certa perda de memória Tristeza inexplicável Irritabilidade Tensão arterial baixa Ausência de interesse sexual Tom vital baixo A melhor maneira de combater a astenia primaveril é seguindo uma série de regras e dicas que nos permitirá evitar um estado que pode vir a ser muito chato: – Dormir umas 7 ou 8 horas diárias. O descanso é fundamental estabelecer um horário fixo de sonho que nos permitirá tomar as energias para começar o dia com muito mais vontade e alegria. – Fazer exercício de forma regular. Além do grande número de benefícios que tem para a saúde, a atividade física ajuda a diminuir os níveis de estresse e liberar nossa mente dos problemas que enfrentamos a cada dia. Também nos ajuda a dormir melhor à noite. – Realizar exercícios de relaxamento. Aprender técnicas de relaxamento ou para a prática de disciplinas como yoga nos ajuda a relaxar por completo o nosso corpo, eliminando tensões, além de nos ajudar a ter uma atitude mais positiva e controlar os nervos. – Tomar alimentos com um grande aporte energético: frutos secos, bananas, massas, chocolate, tâmaras... Também nos será de grande ajuda para tomar alimentos ricos em triptofano, que é um aminoácido que ajuda a regular os níveis de serotonina, que é um neurotransmissor localizado na cabeça que regula os estados de ânimo. Um baixo nível de serotonina pode causar tristeza ou falta de vitalidade. O triptofano é encontrado em ovos, vegetais, frutas, cereais integrais, legumes, laticínios e peixes ricos em omega3 e vitaminas do grupo B. – Alguns tratamentos naturais como a acupuntura demonstraram que são uma grande ajuda para eliminar tensões, dores físicas e também restaurar o equilíbrio emocional.