A hipoglicemia é uma doença que acontece quando o nível de açúcar no sangue (glicose) está muito baixo, ou o que é o mesmo, é inferior a 50-60 mg por 100ml. Esta condição pode ocorrer quando a glicose se esgota muito rapidamente, a glicose é liberada com muita lentidão no sangue ou se libera muita insulina na corrente sanguínea. Entre os principais sintomas da hipoglicemia incluem a visão dupla, estado de nervosismo, sentir-se irritável, batimentos cardíacos fortes ou muito rápidos, dor de cabeça, tremores, apetite, problemas para dormir, sudorese, formigamento, fadiga, fraqueza muscular e pensamento confuso. Nos casos mais graves de hipoglicemia podem apresentar convulsões, dano cerebral e estado de coma. Daí que seja sempre motivo de urgência médica se apresenta uma queda do açúcar no sangue importante e depois de comer algo que não se recuperam os níveis normais. Geralmente, o açúcar baixo no sangue ocorre em pessoas com diabetes que são tratadas com insulina ou outros medicamentos para controlá-la. No entanto, também pode ocorrer em pessoas saudáveis que tenham sido muitas horas sem comer nada, pelo consumo de álcool, presença de um insulinoma (um estranho tipo de tumor do pâncreas que produz muita insulina), a deficiência ou falta de hormônios como o cortisol ou hormônio da tireóide, bem como por insuficiência cardíaca, renal ou hepática grave. O tratamento depende da causa que originou a hipoglicemia. Em caso de choque de insulina, você deve gerenciar de forma imediata glicose ou glucagon. Em qualquer caso, é importante que todas as pessoas com diabetes, e aquelas que apresentam fatores de risco, aprendam como prevenir e tratar os baixos níveis de açúcar no sangue. É importante conhecer as principais causas que originam a hipoglicemia, já que sempre é melhor prevenir que fosse: – Quando você toma insulina ou medicamento tomar para a diabetes, no momento errado. – Tomar maior quantidade de insulina ou medicamento para a diabetes. – Pular refeições. – Deixar muitas horas entre as refeições. – Fazer muito exercício. – Tomar álcool. – Não consumir a quantidade necessária de alimentos nas refeições ou lanches depois de ter tomado nossa medicina. Para prevenir o aparecimento de hipoglicemia é importante ter em conta uma série de pontos-chave: – As pessoas com hipoglicemia, têm que se acostumar a rever seu nível de açúcar no sangue de cada dia. – Quando se realiza o exercício, você tem que controlar os níveis de glicose. É importante se hidratar bem antes, durante e depois do exercício. – Para prevenir o seu aparecimento à noite, é importante consultar o seu médico se você precisa tomar uma bebida rica em proteínas antes de se deitar. – Evitar a ingestão de álcool. Se beber (nunca mais de duas bebidas), que nunca seja sem ter comido anteriormente. – Nossos familiares e amigos também devem conhecer os sintomas de hipoglicemia, de forma que eles saibam o quanto e que tipo de alimento que nos têm que dar, assim como quando é necessário pedir assistência médica. Também é de grande ajuda que as pessoas próximas sabem como injetar glucagon no caso de necessitar de aumentar o nível de açúcar no sangue. Se você apresenta algum dos sintomas típicos da hipoglicemia, há que revisar de forma imediata, o nível de açúcar no sangue. Se você estiver abaixo de 70mg/dL, se deve comer cerca de 15 gramas de hidratos de carbono como, por exemplo, 1 colher de sopa de açúcar ou de mel, 3 tabletes de glicose, meio copo de suco de frutas ou um refrigerante. Se depois de 15 minutos, o nível de açúcar no sangue continua a ser baixo e mantém o mal-estar, voltar a tomar a mesma quantidade de carboidratos. Esperar mais um quarto de hora, e se você ainda não se obtém melhora, deve-se consultar o médico imediatamente ou ao serviço de urgência de um hospital ou centro médico.