Embora, na maioria das vezes, o inchaço ou distensão abdominal causada por comidas pesadas, a realidade é que são muitas as causas que podem originar este problema. Há que sempre consultar o nosso médico se a distensão abdominal que piora ou não desaparece, ou quando se apresenta com sintomas como sensibilidade ao toque, febre ou diarreia intensa. As principais causas que podem fazer com que tenhamos o estômago inflamado são: – Comer em excesso e rápido O ritmo de vida atual faz com que muita gente coma rapidamente, causando a sensação de que não foi preenchido. Daí, que é sola de comer mais em algumas refeições e pique entre horas. É importante comer devagar, com calma e não pular nenhuma, já que, mas é mais provável que venha um pouco saudáveis posterior. – Deglutição de ar Algumas pessoas engolem muito ar, que se acumula no estômago. Para evitar este problema é importante limitar o consumo de refrigerantes, não mascar chicletes ou balas durante muito tempo e comer devagar. Do mesmo modo, as pessoas que estão nervosas, tendem a engolir mais ar, daí que seja importante ter em conta este aspecto para aprender técnicas de auto-controle e relaxamento. – Intolerância a certos alimentos Verduras como a couve-flor, couves, alho, brócolis ou cebola causam distensão abdominal. A intolerância a leite e os produtos lácteos causa, entre outros sintomas, a esta condição. Se consumidos de forma habitual, os alimentos ricos em glúten provocam bastantes gases. – Alimentos ricos em gorduras Faz com que a digestão seja mais pesada e provocam a sensação de plenitude ou sensação de inchaço após a refeição. É muito mais aconselhável optar por alimentos grelhados, estufados, assados ou ao vapor. – Tomar fibra em excesso A fibra é um nutriente fundamental para o nosso organismo. Mas como em tudo, há que tomá-la com moderação, já que se leva demasiado, provoca diarreia e inchaço abdominal. – Síndrome do Intestino Irritável Este distúrbio provoca dor abdominal e cólicas, alterações nas fezes e outros sintomas, como distensão abdominal. – Prisão de ventre Esta condição implica a falta de movimento regular dos intestinos, o que produz uma defecação infrequente ou com esforço. O prisão de ventre é acompanhado de uma série de sintomas incômodos, como o inchaço do abdômen. – Outras causas: infecções, cistos nos ovários, gravidez, oclusão intestinal, síndrome pré-menstrual, aumento de peso, vida sedentária ou miomas uterinos.