Há muito tempo que o vinho é considerado como um elemento de base na nutrição humana. Atualmente, são muitos os médicos que recomendam o seu consumo, sempre e quando se beba em sua justa medida. Além de ser o melhor companheiro de uma boa refeição, um presente para o paladar e os sentidos, uma taça de vinho por dia tem efeitos positivos para a saúde. Daí que esta bebida é um prazer a que não se deve renunciar, já que com moderação tem grandes benefícios para a saúde. De fato, é recomendável substituir a bebida de refrigerantes ou outras bebidas alcoólicas de maior graduação, por uma taça de vinho. Numerosos estudos têm demonstrado as propriedades terapêuticas do vinho, sobretudo, a sua ação protetora contra doenças cardiovasculares e o câncer. Um de seus componentes, o trans-resveratrol, previne o aparecimento de tumores. A sua presença é notória sobretudo no vinho tinto. Os taninos e flavonóides que contém são potentes antioxidantes, o que ajuda a combater a ação dos radicais livres, além de limpar e remover o colesterol. Outros benefícios do vinho para o nosso organismo são: – Beber vinho de forma leve ou moderada, diminua a probabilidade de sofrer de doenças cardíacas e arteriais. Além disso, aumenta o colesterol bom e diminui o ruim. – Combate o envelhecimento precoce das células de memória, o que previne o aparecimento do mal de Alzheimer. – Tomado com moderação, o vinho ajuda a prevenir a perda óssea, o que é muito útil em especial para as mulheres. Isso sim, pelo contrário, o excesso provoca descalcificação. – Favorece a digestão. Tomar vinho no almoço motiva a produção de sucos gástricos. Além disso, ele elimina os ácidos úricos de sangue. – O vinho é rico em minerais como cálcio, potássio, sódio e magnésio, assim como em vitaminas B e P. – Ajuda a manter os dentes saudáveis. Foi demonstrado que esta bebida retarda o crescimento de estreptococos da boca, que são as bactérias que influenciam a formação de cáries, a gengivite ou dor de garganta. – Numerosos estudos têm demonstrado que o consumo moderado de vinho ajuda a melhorar a função cognitiva e a agilidade mental. Além disso, tomado em pequenas doses, previne o aparecimento da demência. – O consumo de vinho de forma leve reduz a obesidade e os problemas de excesso de peso. – O resveratrol, que contém, a uva reduz os efeitos negativos que tem a vida sedentária sobre a nossa saúde.